quarta-feira, 17 de junho de 2009

"Você lembra da Nayara?" *


Aos doze anos, era a mais inteligente
, a mais doce e a mais lerda da turma de sexta série. Meu pai, que achava engraçado seu nome, a chamava de “Priscila Rapidinha”. Dizia ele que pelo acento gráfico no lugar errado (?). Vai entender... Eu achava, além de engraçado, um apelido contraditório. Rápida era uma coisa que, definitivamente, ela nunca foi.

Hoje, mais de vinte anos depois, ela continua inteligente, doce e... lerda! A diferença, de lá para cá, é a certeza do quão indispensável se tornou sua amizade, ao longo desses anos. Também não posso deixar de mencionar sobre sua memória de longo prazo. Ou melhor, da inexistência desta. Ela não se lembra de nada que aconteceu há mais de cinco anos. Uma espécie de Alzheimer às avessas. Ela é mesmo peculiar em tudo.

É romântica, sem deixar de ser realista; meiga, sem deixar de ser forte; generosa, sem deixar de ser justa. É franca, responsável e amiga. Além de ser uma “morena de parar o trânsito”, como dizem alguns amigos.

Ela é como seu nome. Originalmente comum, mas, na prática, original, pela forma acentuada de lidar com as coisas do mundo, com as situações que a vida lhe apresenta.

É ética, crítica, pacífica, prática (Rápida, não!). É fantástica! É proparoxítona! É Príscila! E não há acordo ortográfico, nem de espécie alguma, capaz de mudar isso.

Príscila, que seu ano novo seja repleto de amor, saúde e paz. Amo você.


*Nayara é uma grande amiga da Príscila que ela me apresentou há uns dez anos atrás, quando viajamos juntas (as três) no carnaval. Até hoje, TODAS AS VEZES em que a Priscila se refere a Nayara para mim, pegunta: “Você lembra da Nayara?”. Virou chacota.

Por Elga Arantes, 2009.

7 comentários:

Fernanda Matos disse...

Estou com saudades de você...

Karen disse...

Oi coração,
engraçado que dias desses tb postei sobre uma amiga. Ê sintonia danada.
Como as amigas são imprescindíveis, únicas.
saudade.
bjs

Priscila disse...

Elga,
Sua palavras tiveram para mim, nesse momento,um valor enorme e nada que eu possa dizer à você pode ser tão especial ou mais significativo do que sua amizade para mim...obrigada pela homenagem. Te adoro muito.

Sheyla disse...

Elga,
Que homenagem linda! E viva a Príscila!
Bjs.

Anônimo disse...

Hummm...

Anônimo disse...

Sacanagem.... escondendo as amigas "gente boa". Tem que apresentar, pô!!!!
Me dá o telefone dela que vou ligar pra dar parabéns também. Deseja paz, amor, sucesso, dinheiro. Porque saúde tá na cara que ela tem de sobra. Ô lá em casa!!!!!!!!
Beijos, gatinha.
Ricardo.

Elga Arantes disse...

Fernanda, Também estou com muitas saudades. Muitas, mesmo! Dia desses, passo no Café. Está lá o dia todo? Beijos.